CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Tempestade



Quero uma tempestade
Uma chuva torrencial,
Penetrando-me os poros;
Lavando tudo aquilo
Que não mais me serve.
Só assim terei bons sonhos.

(twittado em 29/10/2008)

Débora Goya

4 comentários:

LEO disse...

Adoro o q vc escreve!
Beijoss do LEO

Débora disse...

Ah LEO, vc é um fofo!!!
Fiquei feliz agora!!! =D

Um beijão!!!

Deb´s ^^

Flôr de Azeviche disse...

Que lindo Deb's. Adorei e fiquei sem palavras.
Adoro o que você escreve! [2]

Beijoos

Pablo Frazão disse...

Tempestades sao boas, mexem com aquilo que está parado estagnando, fora que correr na chuva e trovões são tão legais ^^

Todo mundo uma hora cedo ou tarde precisa separar aquilo que serve, daquilo que não serve, o joio do trigo como dizem por ai, mas o ponto é que nem todo mundo acorda para isso ou quando acorda se dispoe a tal tarefa.Boa sorte com sonhos e tempestades ^^

Um grande e caloroso beijo