CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

quinta-feira, 14 de maio de 2009

A dor, dói.


Bater o dedinho na quina do móvel dói. Bater a canela na cama dói. Levar paulisitinha dói. Bater o cotovelo dói. Prender o dedo na porta também. Perder um amor, dói. Um ente querido que se vai, dói. Dor de dente pode enlouquecer. Todos sabemos que a dor, dói. Mas a intensidade e a proporção que essa dor atinge, só o indivíduo sabe. Anestésico para evitar; analgésico para combater. Mas ela sempre está lá. Ora miúda, muda. Ora berra, furiosa.

5 comentários:

Thiago Panza Guerson disse...

Já levou aquele choque no cotovelo? Um dia levei nos dois juntos. DOEU!

Beijos

Débora disse...

Aiiii! isso dói mesmo! Fiquei chocada! o.O

Beijos!

Flôr de Azeviche disse...

E dói!

Marjory de Oliveira disse...

A dor é uma COISA haha!
As pessoas deveriam pensar umas 62756252 vezes antes de magoar as outras,pq poha DÓI!
AHHAHAHA
curti o blog
beijo

Patrícia Gomes disse...

Well, doer, dói, mas o pior é quando o "doente" fica lambendo ferida...

Xeros, irmã!